Logo Podaly

Galeria restrita   |   Podaly nas redes sociais: Facebook Instagram YouTube

Faça seu login e crie seu pedido

Notícias

Perguntas Frequentes sobre Palmilhas Posturais

Compartilhe: Google+

A pisada errada pode trazer consequências na oclusão dental?

 

Em decorrência de uma pisada “errada” possivelmente ocorre uma adaptação do corpo. Inclusive na boca. A pisada errada pode desencadear uma adaptação errada nas tensões dos músculos, dificulta a boa mobilidade e o bom encaixe das articulações. Este posicionamento errado gera sobrecargas desnecessárias. Com o tempo essas sobrecargas podem favorecer um desconforto, dores e até o desgaste prematuro das articulações. Este desgaste é conhecidos como artrose e pode ocorrer em várias regiões. Principalmente na coluna vertebral, joelho e quadril. Mas afeta também a articulação têmporo mandibular. Estas adaptações erradas podem ser mais um fator que dificulta o tratamento ortodôntico. Seria recomendado que o indivíduo que está em tratamento com o cirurgião dentista possa também realizar uma avaliação com o profissional que atua na área da podoposturologia. Uma avaliação podopostural pode contribuir com o tratamento odontológico.

 

 

A palmilha sempre corrige a postura?

 

Tudo depende da avaliação postural que o fisioterapeuta faz. Ele inicia testando uma palmilha. A resposta postural é imediata.

No momento da avaliação o fisioterapeuta tem condições de observar se a palmilha tem alguma possibilidade de auxiliar no tratamento ou na prevenção de problemas.
Quando for o caso o próprio fisioterapeuta poderá encaminhar o paciente a outros profissionais para atuarem em conjunto.

 

 

O uso de Palmilhas Posturais pode estar associado a outras formas de tratamento!

 

É sempre preferível associar outras técnicas de tratamento postural. Por exemplo, uma palmilha postural não faz alongamento ou fortalecimento muscular. Neste caso é recomendável iniciar o tratamento de fisioterapia com RPG, ou GDS, ou Cadeias Musculares, Pilates, Osteopatia, Cinesioterapia clássica. O Tratamento com palmilhas posturais, em boa parte das vezes é complementar.

 

 

Pisar errado, hábito ou questão física?

 

Pisar errado pode ser um hábito e pode ser uma questão física como, por exemplo, uma sequela de fratura de ossos do pé ou uma alteração decorrente de alguma patologia.

Em geral é uma resposta adaptativa do controle da postura do corpo na posição em pé. O sistema nervoso central administra as tensões que cada músculo deve ter. Este controle muscular é necessário para manter o corpo bem equilibrado na posição em pé. O pisar errado pode ser também uma consequência de algum problema na boca como alterações dos dentes. Ou pode ser o uso errado de óculos ou falta de óculos. Quem pode fazer esta avaliação é um fisioterapeuta que atua na área da podoposturologia.

 

 

O uso de Palmilhas Posturais é para sempre?

 

Há necessidade de se fazer um acompanhamento. Por exemplo, no caso de um tratamento ortodôntico, mensalmente o paciente volta para a manutenção. Na podoposturologia o fisioterapeuta recomenda que esta manutenção também ocorra. Na evolução do tratamento o paciente poderá retirar a palmilha postural ou usá-la por vários meses ou anos. No caso da escoliose em crianças e adolescentes, o acompanhamento é semestral. Enquanto houver possibilidade de crescimento o fisioterapeuta , além do tratamento com exercícios específicos, poderá prescrever a palmilha e acompanhar o paciente.

 

 

O uso do óculos interfere na postura?

 

O uso do óculos na maioria das vezes contribui muito com uma boa postura corporal. Em alguns casos o uso de pode trazer até malefícios. O fisioterapeuta pode avaliar esta influencia do óculos na postura. Se for o caso ele pode recomendar a troca do óculos que está sendo utilizado no momento. Inclusive óculos de sol, mesmo que não tenha grau de correção ou lentes de contato podem desencadear uma má postura.

 

Cadastre-se e seja um cliente Podaly